lipoenxertia mamária

Como funciona a Lipoenxertia Mamária?

Você já se olhou no espelho e sentiu aquela tristeza e insatisfação devido ao tamanho ou formato dos seus seios?

Ou um certo dia colocou uma blusa e não gostou do resultado pela falta de volume na região e a partir desse momento ficou prisioneira do sutiã com bojo?

Provavelmente sim, e essa situação é muito comum entre as mulheres e maioria já costumam sonhar com a famosa prótese de silicone. Mas você sabia que ela não é a única forma de ter mais volume nas mamas?

O que é a Lipoenxertia mamária (Enxerto de Gordura nas mamas)?

A Lipoenxertia Mamária é um procedimento que consiste em enxertar a gordura coletada de áreas que possuem uma quantidade maior, como: das costas, abdômen… e realizar o enxerto nas mamas possibilitando uma menor probabilidade de rejeição pelo corpo, já que o material enxertado é retirado do seu próprio organismo.

Ou seja, o processo consiste em introduzir sua própria gordura retirada de alguma parte do seu corpo nas mamas, levando um volume maior e modelando os seios.

Indicações e Métodos de Cirurgia

Se a sua mama for caída, você precisará realizar esse procedimento em duas etapas:

1ª: Fazer uma Mastopexia, uma cirurgia que tem o objetivo de remodelar e levantar as mamas, para que elas voltem a ser “empinadas” e auxilie na obtenção de um melhor resultado na lipoenxertia mamária.

lipoenxertia mamária

2ª: Fazer o procedimento de enxertia de gordura nas mamas depois de alguns meses quando o procedimento anterior já estiver cicatrizado.

A divisão dessas etapas fará com que o resultado final tenha um melhor aspecto.

Além do procedimento padrão, você também pode realizar a enxertia híbrida de gordura, que é o enxerto de gordura somente na região superior interna do colo caso você tenha implante de prótese (silicone). Essa técnica serve para dar aquela sensação de seios mais juntinhos e mais definidos.

Mas essas observações serão discutidas na hora da avaliação, portanto, não se preocupe em fazer essa escolha sozinha.

Como é o pós-operatório da enxertia de gordura na mama? Muito doloroso?

Assim como qualquer outro pós-operatório você irá sim sentir algum incômodo, porém é um incômodo totalmente suportável e leve.

Geralmente o período de internação não passa de no máximo 1 dia.

Já para a recuperação, o período estimado para que você volte a ter sua rotina diária completa é de apenas alguns dias e depende muito de cada paciente.

Mas como será que ficará a textura da mama?

A gordura, após enxertada na mama terá uma consistência macia e bem natural. Mas com certeza, assim como as outras mulheres, ainda há uma preocupação…

A gordura pode sair do lugar ou até mesmo ser perdida após emagrecimento?

Bom, se a gordura for enxertada de maneira adequada as células continuarão vivas e o resultado será mais duradouro, porém, se você aumentar de peso, haverá um aumento da gordura do corpo como um todo, ou seja, na área injetada também e caso você emagreça, haverá diminuição da gordura no local de enxertia também.

E a lipoenxertia mamária substituí a prótese de mama (silicone)?

Sim, a enxertia de mama pode sim substituir a prótese de mama (silicone), porém os resultados serão bem mais naturais do que o silicone em si, portanto, se quiser algo mais marcado a lipoenxertia não será uma boa opção para você.

lipoenxertia mamária

Mas afinal, para quem o procedimento é indicado?

Bom, a lipoenxertia mamária é indicada para pacientes com mamas pequenas, pois nesse procedimento é possível realizar a reconstrução através do enxerto de gordura, não sendo necessária a utilização de uma prótese de silicone ou para quem deseja corrigir pequenas imperfeições e assimetria.

Vamos aumentar e esculturar os seus seios agora?

Clique aqui para agendar uma avaliação e remodelar as suas mamas.

E não se esqueça de dar uma olhada em nosso Instagram e Facebook onde temos vários conteúdos e dicas como esta.

 

Dr. Geyson Sarmento

Cirurgião Plástico pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

CRM: 136.925/RQE:51460

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de participar?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *