Lipoaspiração e Lifting de Coxas: como as duas técnicas podem ajudar na sua autoestima!

As coxas são uma parte importante da silhueta feminina. Afinal, qual mulher não quer se sentir segura para usar uma minissaia ou uma calça mais justa? Para conseguir um bom resultado, você pode optar por um bom lifting de coxas ou lipoaspiração.

Neste post, vou falar pra você sobre as técnicas, quando é recomendada e um pouco do pós-operatório. Acompanhe!

Por que fazer cirurgia estética nas pernas?

Comecei falando sobre a parte estética, para melhorar a aparência das pernas e fazer com que você perca a vergonha de usar uma roupa um pouco mais ousada.

Porém, o procedimento não vale só para isso. Algumas mulheres, mesmo que estejam em forma, têm aquela sensação desagradável das coxas raspando uma na outra ao andar, principalmente nos dias mais quentes.

Esse atrito entre as pernas pode ser aliviado com soluções paliativas, como o uso de shorts ou de substâncias como óleo de coco ou talco para bebê. Mas, vamos combinar que seria muito melhor não ter o problema e não sofrer com assaduras e desconfortos, não é mesmo?

Pessoas que fizeram cirurgia de redução de estômago ou perderam muito peso também sofrem com o resultado. Apesar da conquista de ter retomado o manequim ideal, a pele costuma ficar muito mais flácida, afetando diretamente a autoestima.

Como funciona a lipoaspiração?

A cirurgia para remoção de gordura localizada é bem conhecida no Brasil, e não serve só para a região do abdômen ou do culote. Essa intervenção também é indicada para as coxas, diminuindo a concentração de gordura na área e trazendo um contorno mais definido.

Para fazer uma lipoaspiração, é importante que a paciente tenha uma boa saúde. Após sedação (local ou geral), são feitas incisões internas ou externas nas coxas e na região dos quadris. A sucção de gordura é feita com a ajuda de um aspirador cirúrgico.

Não precisa se preocupar com as cicatrizes! Elas ficam bem escondidas, já que os cortes são pequenos e feitos nas dobras do corpo.

Pós-operatório

O pós-operatório dessa cirurgia é tranquilo, embora exija cuidados por se tratar uma técnica que sensibiliza o corpo.

Minha recomendação é o uso de malha compressora, beber muita água, ter boa alimentação e fazer drenagens linfáticas na região. Além disso, é importante evitar cigarros, álcool e exercícios físicos.

Como funciona o lifting de coxas?

O lifting de coxas diminui o aspecto de flacidez causado pelo excesso de pele ou presença de gordura localizada. Costumo recomendar esse procedimento para pessoas que perderam muito peso ou que, pela ação da gravidade, desenvolveram um aspecto de frouxidão na área.

Nesse procedimento, é feita uma incisão para a retirada do excesso de gordura e de pele, reposicionando essa última para que o contorno das coxas fique liso e tenha um aspecto mais firme. Em alguns casos, o lifting é realizado em conjunto com a lipoaspiração.

Pós-operatório

É essencial que a paciente tenha um repouso de cinco a sete dias, além do cuidado com a região dos cortes, que deve estar sempre limpa e seca. Também é importante evitar o consumo de cigarros e manter as coxas fechadas, evitando a abertura dos pontos.

Em um período entre quatro a seis semanas já é possível observar uma boa melhora no contorno das pernas.

E você, já considerou fazer uma lipoaspiração ou um lifting de coxas? Tratar do aspecto de uma parte tão importante do corpo pode ajudar muito na sua confiança e autoestima!

Se restou alguma dúvida ou se quiser fazer uma avaliação médica para alguma dessas intervenções, entre em contato para marcarmos um horário!

2 respostas
  1. Emellin
    Emellin says:

    Boa noite, Dr! Posso fazer em um só procedimento lipo abdominoplastia, mastopexia com prótese, ninfoplastia, lipo no joelho e o tchauzinho do braço?

    Responder
    • Gesar
      Gesar says:

      Oi Emellin. Nesse caso não é recomendado. São muitos procedimentos que deixaria a cirurgia muito longa e a recuperação complicada. O ideal é fazer por etapas. Agende uma avaliação pelo número (19) 98446-8855 para tirar dúvidas e eu analisar o seu caso. Obrigado.

      Responder

Deixe uma resposta

Gostaria de participar?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *