pálpebras caídas

Envelhecimento das pálpebras: método não cirúrgico reduz a flacidez na área dos olhos e promove rejuvenescimento

Uma das reclamações que mais recebemos aqui na clínica é a flacidez nas pálpebras. Com o passar dos anos, a pele fina ao redor dos olhos começa a entregar os sinais da idade com rugas finas (os conhecidos pés de galinha) e com a perda de firmeza na região. O resultado disso é um olhar caído, dando ao rosto um aspecto cansado e mais envelhecido. A partir dos 40 anos, com a perda do colágeno, esse processo se intensifica.

Por sorte, as novas tecnologias permitem corrigir o problema de forma menos invasiva, permitindo que as pessoas mantenham um aspecto mais jovial e bonito, sem se expor a cirurgias.



A beleza do olhar

Se alguém duvida que os olhos traduzem muito da beleza da mulher, basta prestar um pouco mais de atenção. Grandes ou pequenos, amendoados ou puxados, os olhos são uma parte marcante do rosto e que entregam emoções e sentimentos. Afinal, é bem conhecida a expressão “os olhos são a janela da alma”, não é mesmo?

Justamente por ter tanta importância, essa área requer atenção especial, com o uso de produtos indicados para a região e hidratação constante.

pálpebras caídas

A ação do tempo

Porém, por mais que a mulher seja vaidosa e adote cuidados intensivos desde jovem, é inevitável que a pele envelheça com o tempo. E a região das pálpebras é uma das que mais sofrem, apresentando perda da elasticidade e da firmeza da pele, além da formação de bolsas.

Essas características prejudicam bastante a autoestima das mulheres, que acabam aderindo a soluções invasivas para recuperar a beleza dos olhos. Por isso, cirurgias plásticas nessa região são bastante comuns.

Blefaroplastia

A Blefaroplastia consiste na remoção cirúrgica do excesso de pele das pálpebras superiores e/ou inferiores. O excesso de gordura na região dos olhos também pode ser removido com o procedimento.

Essa intervenção promove uma melhora do aspecto envelhecido do rosto e o reposicionamento harmônico do contorno palpebral.

Embora seja uma cirurgia já bastante conhecida, muitos pacientes tem receio de se submeter a um procedimento cirúrgico na área dos olhos, por isso quero apresentar uma nova solução para quem tem flacidez nas pálpebras.

blefaroplastia

Bodytite: correção e rejuvenescimento das pálpebras, sem cirurgia

Os avanços da medicina não trouxeram melhorias apenas para o tratamento de doenças, mas também no setor de estética e bem-estar. Com a tecnologia BodyTite, é possível reduzir a flacidez de maneira minimamente invasiva, ou seja, sem cirurgia.

Por meio da aplicação de radiofrequência, o BodyTite trabalha com uma distribuição homogênea de calor na área, com precisão e mantendo a integridade de nervos e outras partes delicadas. Ou seja, trata-se de um método que não exige cortes, que atua com eficiência sem afetar o funcionamento do organismo.

Por ser minimamente invasivo, alguns procedimentos podem ser realizados até mesmo em ambulatório estéril com anestesia local, como no caso do tratamento para flacidez das pálpebras. Isso significa menor tempo de recuperação e retorno às atividades em menos tempo.

A técnica é aprovada por órgãos regulatórios, como FDA e Anvisa.

Como é feita a aplicação?

Os aplicadores do BodyTite são equipados com a tecnologia RAFL (Radiofrequency Assisted Lipolysis), que fazem a remodelação 3D do corpo com a contração tridimensional da derme, do tecido conjuntivo subcutâneo e do tecido adiposo profundo.

Para a região das pálpebras, é utilizada a ponteira AccuTite, o menor dispositivo de contração por radiofrequência, capaz de tratar áreas de difícil alcance do rosto.

Para o tratamento de excesso de pele e flacidez na região dos olhos, o AccuTite é extremamente eficaz e pouco invasivo. É realizado em consultório com a aplicação de anestesia local.

O que posso esperar do BodyTite para flacidez das pálpebras?

Além da destruição de gordura direcionada, o procedimento promove a retração progressiva dos tecidos, ajudando assim a eliminar bolsas e a manter a firmeza da pele na região, dando um ar mais jovem e descansado ao rosto.

Com ele é possível uma retração da pele de até 47%. E a boa notícia é que a aparência continua melhorando por 6 meses após o procedimento.

Com a tecnologia BodyTite, é possível recuperar a beleza da pele do rosto de maneira menos invasiva e mais coerente com a rotina corrida que as pessoas enfrentam atualmente. Além disso, o efeito é mais harmonioso e natural.

 

E você, o que achou desse método? Lembre-se sempre de agendar uma avaliação médica para entender o melhor tratamento no seu caso. Agende uma avaliação clicando aqui.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de participar?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.