O que é diástase abdominal e como tratar?

Entendendo a diástase abdominal

Talvez você nunca tenha ouvido falar em diástase abdominal, mas provavelmente conhece alguém que tem. Essa condição é muito comum e geralmente, é mais perceptível após o parto e em gestações múltiplas devido as mudanças no corpo. Ela também acontece em pessoas com obesidade, desnutrição ou quando há perda de peso muito rápida.

Essa propensão se dá quando há o aumento da pressão intra abdominal, fazendo o afastamento dos músculos retos do abdômen e dos tecidos conjuntivos podendo chegar até 10cm de distância, muitas vezes sendo a principal causa de flacidez na região.


Além do incômodo estético, a diástase pode originar dor lombar, dor nas costas e problemas na postura.

Diástase após a gravidez

A diástase após a gravidez acontece porque a parede do útero aumenta para receber o bebê. A partir daí, essa divisão entre os músculos forma uma lacuna. O tamanho dessa lacuna, ou afrouxamento da linha alba (essa que divide o músculo reto), varia normalmente de 1 a 3 centímetros dependendo da constituição muscular da mulher e do tipo de gestação que teve. Nos casos mais graves pode chegar até 20 centímetros.

Tratamento e prevenção da diástase abdominal

Em muitos casos através do toque é possível identificar o afastamento da musculatura. Você pode realizar o autoexame seguindo essas etapas: deite-se de costas sobre uma superfície firme, com os joelhos flexionado e as solas dos pés no chão, em seguida, posicione dois dedos alguns centímetros acima do umbigo e levante a cabeça levemente para contrair os músculos. Se você sentir um espaçamento na região e, quem sabe, até encaixar mais dedos na área, é possível que você tenha a condição em algum grau. Para ter certeza, consulte um cirurgião plástico para que ele faça um diagnóstico preciso.

Durante e após a gestação, fortaleça os músculos com exercícios físicos (recomendados pelo médico) e mantenha uma alimentação mais saudável, livre de açúcar.

Após identificar a diástase, a melhor forma de tratá-la é com a cirurgia reparadora conhecida como Abdominoplastia.

Como a abdominoplastia pode ajudar?

A abdominoplastia é uma cirurgia plástica que ajuda na retirada do excesso de pele, causado pelo acúmulo de gordura localizada, recuperando a firmeza dos músculos na região abdominal. Durante a cirurgia também tenho o costume, quando necessário, de realizar a amarração dos músculos para tratar a diástase.

Conheça mais sobre a abdominoplastia clicando aqui.

Como é o pós operatório da cirurgia?

A recuperação dura entre 15 a 21 dias. Depois disso, já é possível retomar as atividades diárias, como dirigir e trabalhar. Após esse período, grandes esforços ainda são proibidos, incluindo o levantamento de peso.

Ah! E fica a dica: o uso da cinta é fundamental para garantir um bom resultado.

Como se alimentar nesse período?

● Mantenha uma alimentação leve, rica em fibras e alimentos cozidos e principalmente proteína
● Beba no mínimo 4 a 5 litros de água por dia
● Frutas e legumes são bem-vindos, mas deve-se evitar alimentos fritos ou ricos em gordura
As proteínas presente no ovo e nas carnes brancas ajudam a acelerar a cicatrização

E como fica o resultado após a cirurgia?

Em geral os resultados dependem dos hábitos posteriores aos cuidados pós operatórios, podendo ser observado entre 4 a 6 meses, quando o inchaço e edemas já regrediram totalmente e a cicatrização está avançada.

É possível engravidar novamente após a cirurgia?

Sim, é possível. Porém não podemos afirmar que o resultado não será comprometido, pois depende de cada pessoa. Se você deseja engravidar em curto espaço de tempo (dentro de um ano por exemplo), recomendamos que espere mais um tempo para realizar a abdominoplastia.

Em resumo, a diástase abdominal costuma incomodar muito as mulheres, principalmente após a gravidez. Além de manter melhores hábitos alimentares, a abdominoplastia pode ajudar a recuperar a confiança e autoestima após a gestação, deixando-as mais felizes e seguras com o corpo.

Para saber mais sobre as cirurgias plásticas recomendadas, acompanhe nosso Instagram ou agende uma avaliação. Até a próxima.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de participar?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *