sutiã interno

Sutiã Interno: o que é, como funciona e para quem é indicado?

Você pretende colocar prótese de silicone? Deseja um perfil um pouco mais alto e uma garantia de maior sustentação e durabilidade?

Bom, se as suas respostas foram sim, você precisa realizar o procedimento com o sutiã interno!

Mas, você deve estar se perguntando…

O que é o Sutiã Interno afinal?

Bom, Sutiã Interno é uma técnica mais refinada e mais elaborada para dar sustentação na prótese mamária na mamoplastia de aumento, é um reforço a mais na sustentação da prótese deixando-a com um perfil um pouco mais elevado e garantindo que ela não caia ou ceda precocemente.

Como funciona o Sutiã Interno?

A técnica consiste em colocar a prótese de silicone em apoio a uma parte da fáscia (tecido conjuntivo denso que envolve os músculos, ossos, os vasos sanguíneos e os nervos) formando uma “bolsinha” onde a prótese pode ser inserida e ficar repousando, assim, evitando ao máximo que o peso da mesma ceda precocemente deixando os seios caídos.

Mas, para quem é indicado?

O sutiã interno é indicado para pessoas que pretendem colocar prótese de silicone com uma segurança maior de sustentação e durabilidade.

Quando deve ser utilizado o sutiã interno?

A técnica pode ser utilizada tanto na mamoplastia quanto na mastopexia com prótese, para garantir uma sustentabilidade, duração e resultados mais satisfatórios para a paciente.

O sutiã Interno pode ser feito na mamoplastia e mastopexia sem prótese?

Não, essa técnica é indicada somente em casos de utilização da prótese de silicone, justamente pelo objetivo da técnica ser reforçar a sustentação da prótese garantindo um melhor e mais duradouro resultado para o procedimento.

Bom, agora que já conhece o sutiã interno é importante lembrar que os resultados não serão milagrosos, mas sim muito satisfatórios.

Ainda tem dúvidas? Agende uma avaliação clicando aqui.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de participar?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *